Passar para o Conteúdo Principal Top

 

Logo_20Aniv_Lagoas

Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d'Arcos Ponte de Lima

Paisagem Protegida das Lagoas_v2

Narceja

Gallinago gallinago 1 600 600

A Narceja (Gallinago gallinago) é familiar entre os observadores de aves que frequentam as zonas húmidas, durante o outono/inverno, é nos locais de reprodução, exibindo-se em sonoras e espetaculares paradas aéreas que faz por merecer o epíteto de «Rainha dos ares».

 

Identificação

Com um enorme bico pontiagudo, plumagem em tons castanhos com listras amareladas e tons brancos no ventre, a Narceja (Gallinago gallinago) possui um mimetismo notável, razão pela qual não é facilmente observável.

 

Voz

Emite um grito de alarme característico repetido duas ou três vezes.

 

Habitat

Pântanos, lodaçais, prados húmidos de vegetação rasteira e densa, margens de lagos, valas, zonas costeiras, etc.

 

Comportamentos

Como a sua plumagem lhe permite uma camuflagem perfeita, quando se sente ameaçada agacha-se tornando-se praticamente invisível. Quando dentro de água pode imergir quase totalmente, tornando-se extremamente difícil de a distinguir de uma pedra.

 
Voo

Voo rápido e silhueta característica de longo bico e asas pontiagudas.

 

Nidificação

O acasalamento é precedido de um vistoso ritual, em que o macho ziguezagueia erraticamente acima do terreno, descendo depois a pique 10 ou 20 metros. Durante este voo picado, as penas exteriores da cauda encontram-se abertas, emitindo um som assobiado. A postura consiste geralmente de 3 a 4 ovos, num ninho térreo, bem escondido, no meio de densa vegetação.

 

Dieta

Alimenta-se essencialmente de invertebrados e, ocasionalmente, de plantas aquáticas.

 

Na Paisagem Protegida

Esta espécie é invernante e abundante na Paisagem Protegida. Aparece com regularidade nas veigas e nas tapadas, sempre junto à água. Assim como a galinhola, esta ave tem o seu pico de atividade durante o crepúsculo. 

 

Fonte: Adaptado de Azibo.