Página Inicial
siga-nos:  

Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Agenda de Eventos
Categorias
Não existem destaques
 

Página dos Espaços Ciência Divertida:


Zona Húmida de Importância Internacional


Prémio Novo Norte:


Aceda ao:

 
Breves notas sobre a Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos (AP)

A AP, criada em 2000 pelo Decreto Regulamentar n.º 19/2000, de 11 de dezembro, em resultado de um longo e difícil processo de criação, com cerca de duas décadas, é um espaço importante para a conservação da biodiversidade aos níveis regional, nacional e mesmo internacional, no caso de algumas espécies e habitats específicos.

Essa importância, decorrente da presença de uma diversidade de biótopos associados a uma zona húmida continental, aos quais estão associados habitats e espécies de conservação prioritária, justificou a atribuição de estatutos de conservação e proteção, como sejam:

i) Nacional - área protegida de âmbito regional;
ii) Comunitário - é Sítio de Importância Comunitária pela Decisão da Comissão de 7 de dezembro de 2004, em resultado da aplicação da Diretiva 92/43/CEE (Diretiva Habitats);
iii) Internacional - é o Sítio n.º 1613 da Lista de Sítios da Convenção de Ramsar (zonas húmidas de importância internacional).

A criação da AP permitiu ao Município de Ponte de Lima implementar um projeto de conservação da natureza, de construção social, desenvolvimento rural e territorial que nasce das possibilidades dum espaço singular mas, também, da visão e do esforço coletivo de diversos agentes na sua relação próxima com a população local.

Ao fim de uma década de existência, confirmando as expectativas e recompensando o esforço dedicado, de forma resumida, podem destacar-se os seguintes impactes promovidos pela AP:

i) o contributo para a globalidade dos objetivos da Estratégia Nacional de Conservação da Natureza e da Biodiversidade e do Plano Sectorial da Rede Natura 2000;
ii) a importância no atenuar de fatores, cada vez mais decisivos no sentido de reduzir a dualidade rural/urbano, como, por exemplo, a instalação de consideráveis recursos físicos que resultaram na oferta de serviços e novas economias;
iii) a deslocação para o terreno de recursos humanos capacitados em matérias de conservação da natureza/desenvolvimento rural;
iv) a criação de 40 postos de trabalho diretos, promovendo desta forma um impacte social significativo nas freguesias vizinhas e no concelho;
v) o atual aproveitamento turístico (mais de 100.000 visitantes em 2009) e pedagógico alcançado pelo Projeto (ex. média de 1.000 crianças/mês envolvidas em atividades de educação e sensibilização ambiental) e;
vi) o facto da AP se constituir como um projeto âncora estimulando o investimento público (projetos previstos: construção de um centro educativo, com uma filosofia de funcionamento única que depende do Projeto; um centro de exposição de produtos regionais da Quinta de Pentieiros, a criação e dinamização Parque Geológico da Cabração), privado (projetos previstos: a construção de um centro aventura associado à Quinta de Pentieiros, a construção de um parque de diversões aquáticas, com valências de alojamento e restauração, nas imediações da Quinta de Pentieiros) e público-privado (projetos previstos: construção e dinamização do BikePark nas freguesias de Estorãos e Cabração, desenvolvimento do projeto de requalificação e aproveitamento turístico do lugar do Cerquido, sito na freguesia de Estorãos).

Convém aqui referir que estes e outros resultados estiveram na origem da atribuição do Prémio Novo Norte 2010 - Categoria Norte Sustentável - ao Projeto desenvolvido na AP. Os Prémios Novo Norte são uma iniciativa conjunta da Comissão de Coordenação da Região Norte e do Jornal de Notícias que visa premiar iniciativas de empresas ou instituições localizadas na região Norte, em diferentes categorias.

 
Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo
 
Avisos
Categorias
03 de Outubro
  Freguesia de Estorãos - Obrigatoriedade de poda e tratamento de citrinos infestados com a psila africana dos citrinos, Trioza erytreae (Del Guercio)
03 de Outubro
  ALERTA - Vespa das galhas do castanheiro
03 de Outubro
  Período crítico do Sistema de Defesa da Floresta alargado até 15 de outubro.
16 de Maio
  Recomendações de adoção de práticas de utilização racional de água para rega
28 de Novembro
  Inspeção Obrigatória dos Pulverizadores para Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos
Todos os Avisos
Notícias do Município
Museu dos Terceiros ? Início dos Serviços Educativos 2017/2018 ? ?O Nosso Património?
publicada em: 19.10.2017

Podem participar as crianças dos Jardins de Infância e os alunos do 1º e 2º ciclo deste concelho nas diversas ações.

Neste ano letivo, e no âmbito da Área de Projeto, o tema a desenvolver será: "O Nosso Património". As 12 turmas inscritas dos vários agrupamentos, irão deslocar-se mensalmente, de outubro a maio, para atividades específicas e diversas, ao Museu, à vila e a outros edifícios relevantes do património limiano.

Além da Área de Projeto, as escolas poderão também inscrever-se em atividades isoladas e visitas guiadas, que permitem uma familiarização com o espaço e o acervo do Museu.

Tomada de Posse dos Órgãos Autárquicos para o Quadriénio 2017-2021
publicada em: 17.10.2017

A cerimónia que decorreu no Auditório Rio Lima, incluiu a instalação dos novos órgãos autárquicos para a Assembleia e Câmara Municipal.

No discurso oficial de tomada de posse, o Eng.º Victor Mendes, reeleito pela 3ª vez, agradeceu a confiança que "os ponte-limenses decidiram delegar em mim e na equipa que muito me honro de liderar, para definir os destinos deste território e da sua notável comunidade, os Limianos. (..) Assumo-me como o Presidente de todos eles sem exceção e tudo farei para os representar, defender e trabalhar em prol da efetiva elevação e melhoria da qualidade de vida."

Considerando que "Hoje, o Poder Local tem que se antecipar a tudo, tem que estar presente e ser o garante da qualidade de vida dos cidadãos antes que estes se tornem reclamantes. Tem, também, o Poder Local a obrigação e o dever de antecipar políticas e não ficar à espera que seja a Administração Central a defini-las, pela nossa proximidade às pessoas, por fazermos uma política olhos-nos-olhos, por conhecermos o território como as nossas próprias mãos, por sermos, independentemente dos cargos que ocupamos, oriundos das comunidades que servimos, ou seja, iguais na forma de encarar os problemas" sustentou o presidente reeleito para quadriénio 2017-2021.

Em jeito de balanço do anterior mandato, o autarca realçou "o cumprimento rigoroso dos projetos levados a cabo, bem como dos orçamentos municipais."

Para este 3º mandato o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima garantiu que "teremos que continuar a manter uma competitividade territorial saudável. Quatro anos em que o nome de Ponte de Lima terá de ser marcado no contexto regional, nacional e internacional. Quatro anos em que teremos que saber estar no local e horas certas para não perder oportunidades e os meios necessários para fazer do nosso futuro o garante de bem-estar que afiançamos às populações que representamos."

Município de Ponte de Lima promove obra de estreia de José Luís da Costa Sousa
publicada em: 17.10.2017

O romance "A casa de Real", da autoria de José Luís da Costa Sousa, vai ser apresentado no próximo dia 28 de outubro, pelas 15h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima. Trata-se da produção literária de estreia do escritor vianense que tem dedicado a sua vida profissional à área das Ciências da Educação, exercendo em diversas escolas do ensino secundário e superior, no país e no estrangeiro.

Celebre a literatura regional e venha conhecer a obra "A casa de Real", cuja apresentação estará a cargo do professor ponte-limense, Vítor Araújo.

Esperamos por si!

Sobre o autor:

José Luís da Costa Sousa nasce a 20 de setembro de 1948 em Viana do Castelo. Finaliza o Curso Geral dos Liceus no Liceu Nacional vianense e, em 1966, conclui o Curso de Professores de Educação Física do INEF. Depois do Mestrado em Ciências da Educação – Metodologia da EF (1994) -, obtém o grau de Doutor em Ciências da Educação – Formação de Professores (2000) -, lecionando em escolas secundárias e em instituições do ensino superior, com destaque para o Instituto Superior de Educação Física, a Escola Superior de Educação de Lisboa e a Escola Náutica Infante D. Henrique. Também exerce funções na Escola de Educação Física e Desporto da Guiné-Bissau e no Instituto Nacional de Educação Física de Luanda, Angola.

Sinopse da obra:

Sebastião Correia de Matos foi o nome pedido em batismo no ano em que a criança nasceu, supostamente 1870, tendo por cenário a capela paroquial, singela e em estilo românico e por isso mais admirada, de Santa Eulália, Refojos do Lima. Aceitaria partilhar vida consigo até à morte Angélica Maria Correia de Matos. Depois... Depois o tempo correu, e seguiram-se outras gerações de naturais altos e baixos. Até que em 1939, a apreensão pelo que pudesse acontecer na sociedade e na aldeia atingiu o auge: a Alemanha Nazi tinha invadido a Polónia.

Notícias via e-mail:

Coloque o seu email:

Copyright © 2016. Município de Ponte de Lima. Todos os direitos reservados. : Política de Privacidade e Segurança . Ficha Técnica :