Página Inicial
siga-nos:  

Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Agenda de Eventos
Categorias
Não existem destaques
 

Página dos Espaços Ciência Divertida:


Zona Húmida de Importância Internacional


Prémio Novo Norte:


Aceda ao:

 
Projetos Concluídos

Promoção da Biodiversidade da Área Protegida de Ponte de Lima (2010/2011)

Esta candidatura enquadrou-se no âmbito e nos objetivos presentes no domínio da "Gestão de Ativa de Espaços Protegidos e Classificados" integrado no Objetivo Específico "Gestão Ativa da Rede Natura e da Biodiversidade" do Eixo Prioritário III "Valorização e Qualificação Ambiental e Territorial" do Programa Operacional Regional do Norte 2007-2013, sendo suportada por uma dotação orçamental de 285.711,67€ e comparticipada a 75% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Neste contexto foi realizado um conjunto de ações durante os anos de 2010 e 2011, nomeadamente:

     COMPONENTE DE VALORIZAÇÃO E GESTÃO ATIVA DE ESPAÇOS CLASSIFICADOS

 Criação do Grupo de Ação Local

 Realização de estudos complementares
      estudo relativo à identificação e localização de espécies raras
      estudo relativo à identificação e localização de espécies invasoras

 Instalação de um posto de observação de espécies

 Implementação de um projeto-piloto de monitorização aquática

 Realização de operações de gestão do território e da biodiversidade

 
     COMPONENTE DE DIVULGAÇÃO E PROMOÇÃO

 Criação de uma exposição fixa para o Centro de Interpretação Ambiental da PPLBSPA

 Criação de uma exposição móvel

 Instalação de postos de abrigo/informação

 Reedição do guia de visita da Área Protegida

 Realização de seminários

 Realização de ações de formação para assistentes operacionais

  Criação de uma plataforma de colaboração e transferência de informação entre Espaços Classificados

 Realização de workshops direcionados para o público jovem

Este conjunto ambicioso de ações pretendeu por um lado assegurar a continuidade dos valores ambientais presentes na Área Protegida e por outro garantir uma maior divulgação dos mesmos junto de diferentes público-alvo.

 

Ao abrigo da candidatura "A Agro-Silvo-Pastorícia na Viabilidade dos Espaços Classificados", a Área de Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos (PPLBSPA) desenvolveu durante o ano de 2009 um conjunto de ações cujo objetivo passa pela valorização dos recursos endógenos criando uma estratégia de desenvolvimento integrado do mundo rural.

Pretendeu-se assim estabelecer parcerias estratégicas de forma a melhorar a perceção dos efeitos de práticas culturais mais agressivas para o ambiente, recuperar as pastagens naturais com recurso a animais da Associação Portuguesa dos Criadores de Bovinos de Raça Galega/Minhota (APACRA) e da Quinta de Pentieiros em regime de pastoreio livre, motivar a adoção de novos métodos culturais que promovam uma melhor qualidade dos habitats presentes na PPLBSPA e dar continuidade a uma estratégia de conservação da natureza inclusiva e motivadora da integração de todos os agentes que atuam na Área de Paisagem Protegida.

Nesse contexto, foi estabelecido um protocolo de parceria com a APACRA e com a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, bem como com o Banco Português de Germoplasma Vegetal para a experimentação de espécies para alimentação animal em modo de produção biológica.

Ao abrigo deste projeto procedeu-se à recuperação do edifício da antiga Cooperativa Agrícola do Vale do Rio Estorãos, infraestrutura central que serviu de sede para a coordenação de trabalhos e que no futuro, permitirá a formação dos agentes locais. Neste contexto foi ainda instalada uma cerca elétrica alimentada a energia solar fotovoltaica e realizado o cultivo de variedades tradicionais de milho.

No sentido de sensibilizar a população local para a importância e dimensão do projeto, foram realizados diversos inquéritos que permitiram recolher informação útil para diagnosticar e planificar um conjunto de necessidades associadas aos produtores locais, elemento fundamental na dinamização sustentável do projeto.

 

Implementação do Programa Ocupação de Tempos Livres (2004 e 2005) e Voluntariado Jovem nas Florestas (2005), através das candidaturas apresentadas ao Instituto Português da Juventude.

 

Realização de ações de formação, com o apoio da Ecoagri - Projetos e Serviços AgroFlorestais, no âmbito da Gestão Florestal, Agricultura Biológica, Jardinagem e Espaços Verdes.

 

Implementação, em 2004 e 2005, do Programa de Apoio à Vigilância Móvel das Florestas - Brigadas Autárquicas de Voluntários, decorrente das candidaturas apresentadas à Direção Geral dos Recursos Florestais, como reforço das medidas de prevenção de incêndios florestais.

 

Apresentação do projeto que visa a classificação da Área de Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos como Zona Húmida de Importância Internacional.

 

Assinatura do Protocolo entre o Município de Ponte de Lima e a Associação Portuguesa de Criadores de Bovinos da Raça Minhota que visa, por um lado, o apoio na gestão da Área Protegida no que respeita à recuperação da atividade pecuária e, por outro lado, a criação de um centro de recria, com vista ao melhoramento genético da raça.

 

Elaboração de estudos sobre a Área de Paisagem Protegida, ao abrigo de protocolos celebrados entre o Município de Ponte de Lima e instituições de ensino: "Estudo da Flora e Fauna (vertebrados terrestres)"; "Condições Naturais, Uso do Solo e Atividades Agrárias"; "Os regimes hidrológicos, a hidrografia e o uso da água"; "Inventário Piscícola"; "Requalificação ambiental do rio Estorãos no interior da Área de Paisagem Protegida".

 

Criação de exploração de fruticultura biológica, numa importante ação de promoção dos produtos agrícolas de qualidade como, por exemplo, a sidra (vinho de maçã).

 

Requalificação ambiental do rio Estorãos, no interior da Área da Paisagem Protegida, com base em soluções construtivas resultantes do estudo realizado ao abrigo do protocolo entre o Município de Ponte de Lima e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

 

Criação do "Serviço Educativo das Lagoas" que tem como principal objetivo marcar presença constante no "Mundo Escolar". O arranque deste projeto será realizado com o apoio incondicional às áreas projeto associadas ao ambiente e mundo rural.

 

Implementação do Projeto Agro n.º 800 "Rede Nacional para a Conservação e Utilização de Espécies Aromáticas e Medicinais", cujo investimento total é de aproximadamente de 15.000,00€, fazendo o Município de Ponte de Lima parte da lista das 18 entidades envolvidas, a nível nacional.

 

Implementação do projeto "Avaliação das Potencialidades dos Recursos Renováveis: Atlas dos Resíduos Florestais e Aplicação da Biomassa do Espaço Atlântico", investimento que ronda os 170.000,00€, financiando ações associadas à valorização de aproveitamentos sustentáveis dos recursos endógenos da região, designadamente da floresta, para o aquecimento do Centro de Interpretação Ambiental (Programa INTERREG IIIB).

 

Implementação do projeto "Espaços Protegidos da Galiza e Norte de Portugal", num investimento de cerca de 120.000,00€, financiando ações que promovam a conservação da biodiversidade (Programa INTERREG - IIIA).

 
Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo
 
Notícias relacionadas:
Acampamento Natureza e Mundo Rural com vagas totalmente preenchidas | 03.05.2017
XI Acampamento Natureza e Mundo Rural | 24.04.2017
20 a 24 de março | Semana da Floresta e da Água | 03.04.2017
Semana da Floresta e da Água 2017 | 15.03.2017
16º Aniversário da Área Protegida | 10.12.2016 | 16.12.2016
 
 
 
Avisos
Categorias
03 de Outubro
  Freguesia de Estorãos - Obrigatoriedade de poda e tratamento de citrinos infestados com a psila africana dos citrinos, Trioza erytreae (Del Guercio)
03 de Outubro
  ALERTA - Vespa das galhas do castanheiro
03 de Outubro
  Período crítico do Sistema de Defesa da Floresta alargado até 15 de outubro.
16 de Maio
  Recomendações de adoção de práticas de utilização racional de água para rega
28 de Novembro
  Inspeção Obrigatória dos Pulverizadores para Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos
Todos os Avisos
Notícias do Município
Tomada de Posse dos Órgãos Autárquicos para o Quadriénio 2017-2021
publicada em: 17.10.2017

A cerimónia que decorreu no Auditório Rio Lima, incluiu a instalação dos novos órgãos autárquicos para a Assembleia e Câmara Municipal.

No discurso oficial de tomada de posse, o Eng.º Victor Mendes, reeleito pela 3ª vez, agradeceu a confiança que "os ponte-limenses decidiram delegar em mim e na equipa que muito me honro de liderar, para definir os destinos deste território e da sua notável comunidade, os Limianos. (..) Assumo-me como o Presidente de todos eles sem exceção e tudo farei para os representar, defender e trabalhar em prol da efetiva elevação e melhoria da qualidade de vida."

Considerando que "Hoje, o Poder Local tem que se antecipar a tudo, tem que estar presente e ser o garante da qualidade de vida dos cidadãos antes que estes se tornem reclamantes. Tem, também, o Poder Local a obrigação e o dever de antecipar políticas e não ficar à espera que seja a Administração Central a defini-las, pela nossa proximidade às pessoas, por fazermos uma política olhos-nos-olhos, por conhecermos o território como as nossas próprias mãos, por sermos, independentemente dos cargos que ocupamos, oriundos das comunidades que servimos, ou seja, iguais na forma de encarar os problemas" sustentou o presidente reeleito para quadriénio 2017-2021.

Em jeito de balanço do anterior mandato, o autarca realçou "o cumprimento rigoroso dos projetos levados a cabo, bem como dos orçamentos municipais."

Para este 3º mandato o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima garantiu que "teremos que continuar a manter uma competitividade territorial saudável. Quatro anos em que o nome de Ponte de Lima terá de ser marcado no contexto regional, nacional e internacional. Quatro anos em que teremos que saber estar no local e horas certas para não perder oportunidades e os meios necessários para fazer do nosso futuro o garante de bem-estar que afiançamos às populações que representamos."

Município de Ponte de Lima promove obra de estreia de José Luís da Costa Sousa
publicada em: 17.10.2017

O romance "A casa de Real", da autoria de José Luís da Costa Sousa, vai ser apresentado no próximo dia 28 de outubro, pelas 15h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima. Trata-se da produção literária de estreia do escritor vianense que tem dedicado a sua vida profissional à área das Ciências da Educação, exercendo em diversas escolas do ensino secundário e superior, no país e no estrangeiro.

Celebre a literatura regional e venha conhecer a obra "A casa de Real", cuja apresentação estará a cargo do professor ponte-limense, Vítor Araújo.

Esperamos por si!

Sobre o autor:

José Luís da Costa Sousa nasce a 20 de setembro de 1948 em Viana do Castelo. Finaliza o Curso Geral dos Liceus no Liceu Nacional vianense e, em 1966, conclui o Curso de Professores de Educação Física do INEF. Depois do Mestrado em Ciências da Educação – Metodologia da EF (1994) -, obtém o grau de Doutor em Ciências da Educação – Formação de Professores (2000) -, lecionando em escolas secundárias e em instituições do ensino superior, com destaque para o Instituto Superior de Educação Física, a Escola Superior de Educação de Lisboa e a Escola Náutica Infante D. Henrique. Também exerce funções na Escola de Educação Física e Desporto da Guiné-Bissau e no Instituto Nacional de Educação Física de Luanda, Angola.

Sinopse da obra:

Sebastião Correia de Matos foi o nome pedido em batismo no ano em que a criança nasceu, supostamente 1870, tendo por cenário a capela paroquial, singela e em estilo românico e por isso mais admirada, de Santa Eulália, Refojos do Lima. Aceitaria partilhar vida consigo até à morte Angélica Maria Correia de Matos. Depois... Depois o tempo correu, e seguiram-se outras gerações de naturais altos e baixos. Até que em 1939, a apreensão pelo que pudesse acontecer na sociedade e na aldeia atingiu o auge: a Alemanha Nazi tinha invadido a Polónia.

Município de Ponte de Lima inicia nova temporada da Bebéteca
publicada em: 13.10.2017

Trata-se de um projeto direcionado para bebés e crianças, dos 0 meses aos 5 anos, que promove o livro e a leitura através de várias atividades, nomeadamente uma Hora do Conto, um momento musical e um atelier de expressão artística.

A primeira sessão desta temporada contará com a presença da escritora Paula Ruivo que nos vai dar a conhecer a sua mais recente obra infantil intitulada "Depois da fábrica de Seripiteia”, que será seguida de um momento musical da responsabilidade da mesma autora, que se aventurou nas lides melodiosas e musicais com o tema "Os Guardiões".

Para terminar a ação pais e crianças darão asas à imaginação no atelier de expressão artística intitulado “Novelinho de Sonhos”.

Para mais informações e inscrições (gratuitas e limitadas) contacte-nos através do número 258900411 ou do email biblioteca@cm-pontedelima.pt.

Sobre a autora:

Paula Ruivo nasceu na freguesia de Vitorino das Donas, concelho de Ponte de Lima. Com sete anos vai viver para Lisboa, residindo atualmente na Malveira.
Dedica-se à escrita, tendo já publicado "A ervilha que queria ir à escola", "A ervilha que queria ir ao zoo", "A ervilha que queria ir de férias" . "Hiroki: o livro mágico", "Não quero ser o que sinto..." e agora "Depois da fábrica de Seripiteia".

Sobre o livro:

Haverá no mundo outras coisas além de novelos, camisolas, lãs, máquinas e operários?
A Piorreta acreditava que sim, mas vivia na fábrica de confeções, na aldeia de Seripiteia, e sair dali parecia mais um sonho do que uma realidade.
Mas o improvável acontece e, certo dia, a Piorreta e o Pimpolho foram para além dos portões da fábrica e conheceram os Guardiões.
Quem serão eles? O que protegem?

Consulte:

Ficha de inscrição

Notícias via e-mail:

Coloque o seu email:

Copyright © 2016. Município de Ponte de Lima. Todos os direitos reservados. : Política de Privacidade e Segurança . Ficha Técnica :