Página Inicial
siga-nos:  

Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Agenda de Eventos
Categorias
25 de Novembro
  Dia da Floresta Autóctone
01 de Novembro a 30 de Novembro
  Exposição do Centro de Interpretação Ambiental (CIA)
Todos os Eventos
Agenda Cultural

Página dos Espaços Ciência Divertida:


Zona Húmida de Importância Internacional


Prémio Novo Norte:


Aceda ao:

 
Visitas Guiadas à AP

Visitas Guiadas à Área Protegida

A visita guiada é a forma mais correta de estabelecer o contacto direto com o património natural, paisgístico e cultural da Área Protegida.

A visita inicia-se com uma breve apresentação do Projeto Área Protegida (AP) no Auditório, seguida da apresentação de um filme de divulgação da área com a duração de aproximadamente 18 min. Posteriormente os visitantes são dirigidos para a Sala Polivalente do Centro de Interpretação Ambiental, onde se encontram exposições sobre a Área Protegida e temáticas relacionadas com o ambiente, jogos, um pequeno laboratório experimental e o Centro de Informação do Lima e uma loja.

Segue-se a realização do percurso/rota selecionado ao longo do qual serão conferidas as explicações técnicas sobre os elementos e relações em presença no espaço.

A visita guiada poderá ser complementada com um conjunto de atividades que podem ser realizadas ao longo do percurso/rota.

Os Percursos e Rotas possíveis de realizar na Área Protegida:

 PR I Percurso da Lagoa | 1,6 km Descrição

A lagoa de S. Pedro é um dos habitats de
zona húmida mais representativos da Área
Protegida e também um dos mais espeta-
culares ao nível paisagístico. Este percurso

tem como principal objetivo a interpretação
da lagoa e os valores a ela associados.

Percurso da Lagoa
   

 PR II Percurso das Tapadas | 3,6km Descrição

O percurso, com início e fim em Bertiandos,
leva os seus visitantes às Tapadas, áreas
de pastagem naturais, normalmente
limitada por sebes de folhosas 

autóctones. Aqui predominam as atividades
humanas como a pecuária e a silvicultura.

Percurso das Tapadas
   

 PR III Percurso do Rio | 2,9 km Descrição

O rio Estorãos, afluente do rio Lima, nasce
na Cabração, a 325 m de altitude e drena
área de 5450 ha. O troço deste sistema, in-
serido na Área Protegida, tem 3,5 km e
contribui de forma significativa para a

biodiversidade aqui apresentada.

Percurso do Rio
   

 PR IV Percurso da Veiga | 7,4 km Descrição

As veigas são areas predominantemente
agrícolas, onde se pratica a sucessão do
milho, azevém e outras gramínea. Podem
também ser encontradas pequenas
manchas com vinha em bordadura ou

olival disperso.

Percurso da Veiga
   

 PR V Percurso da Água | 12,5 km Descrição

É o percurso mais longo da rede de percur-
sos. Tem como principais objetivos a com-
preensão do movimento do principal ele-
mento desta Área Protegida, a água, na

bacia hidrográfica do rio Estorãos.

Percurso da Água
   

 Ecovia Caminho do rio Lima | 4,2 km Descrição

A Ecovia liga a Área Protegida à vila de
Ponte de Lima, pela margem direita do rio
Lima. Pode ser realizada a pé ou de bicicle-
ta e tem início junto ao Souto de Bertiandos
e fim junto ao Parque do Arnado, ou

vice-versa.

Caminho do rio Lima

   

 Rota 1 Rota do Solar | 4,8km Descrição

Esta rota leva os seus visitantes numa via-
gem histórico-cultural pelas freguesias de
Bertiandos e Sá. Aqui podem vislumbrar o
Solar de Bertiandos, ex-libris do Norte do
país e subir ao Santuário do Senhor

da Saúde.

Rota do Solar

   

 Rota 2 Rota do Cruzeiro | 7,2km Descrição

Atestando a ocupação medieval da área,
ao longo desta rota, o visitante é levado a
conhecer o património religioso das fre-
guesias de S. Pedro de Arcos e Fontão.
Destaque para o cruzeiro de S. Pedro, 'um

dos mais belos do reinado de D. João V'.

Rota do Cruzeiro
   

 Rota 3 Rota da Azenha | 5,5km Descrição

Com início na Quinta de Pentieiros, espaço
que possui uma ligação histórica ao Solar
de Bertiandos, esta rota segue em direção
a Estorãos. Aí, o visitante poderá vislum-
rar a imponente igreja, o rio e a Azenha de

Estorãos, convertida para Turismo.

Rota da Azenha

 Custo das Visitas Guiadas:

    Tabela de Preços - Visitas Guiadas

Preços: Isento de IVA.
* Grupo até 30 participantes
** Por pessoa

Notas:
 As visitas guiadas são realizadas mediante marcação prévia.
 Nas visitas guiadas com escolas é obrigatória a presença do professor/educador.
 Para atrasos superiores a 1 hora, é obrigatório pagamento de 2 visitas.
 Os preços de escolas não se aplicam ao fim-de-semana, feriados, férias escolares e em período noturno.
 Para confirmar a marcação é necessário proceder ao pagamento de 50% do valor total previsto para a visita/atividade (por transferência bancária). Uma vez efetuado o pagamento e em caso de desistência da mesma:
      até 30 dias úteis antes da realização da visita/atividade, haverá lugar à devolução de 60% da importância paga;
      até 15 dias úteis antes da realização da visita/atividade, haverá lugar à devolução de 30% da importância paga;
      a menos de 10 dias úteis antes da realização da visita/atividade, não haverá lugar à devolução da importância paga.

Atividades complementares às Visitas Guiadas na Área Protegida:

PedyPaper Observação Noturna
PedyPaper Observação Noturna
   
Recolha de Pegadas Construção de Herbário
Recolha de Pegadas Construção de Herbário
   
Pintura Jogos didáticos
Pintura Jogos didáticos

Custo das Atividades Complementares:

 Tabela de Preços - Atividades

Preços: Isento de IVA.
* Grupo até 30 participantes
** Com oferta de prémio das Lagoas à equipa vencedora, que não poderá ter mais de 5 elementos
*** Acrescido ao preço do percurso selecionado

  Pretende uma atividade com estadia, consulte aqui os alojamentos disponíveis.
           Normas de Funcionamento de Visitas Guiadas à Área Protegida Normas de Funcionamento.
           Para mais informações e reservas contacte-nos.

 

 
Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo
 
Notícias relacionadas:
Serviço Educativo - Mundo Rural - 1 | 22.11.2017
Magusto Tradicional Quinta Pedagógica de Pentieiros | 16.11.2017
Serviço Educativo - A Biodiversidade das Zonas Húmidas | 16.11.2017
Vencedor do III Festival de Jardins Escolinhas | 10.11.2017
Ignite Astro, O Universo em contrarrelógio numa digressão por Portugal Em Ponte de Lima, no dia 11 de novembro – 21h30 – Auditório Municipal | 07.11.2017
 
 
 
Avisos
Categorias
18 de Novembro
  Governo prolonga período crítico de incêndios até 23 de novembro
16 de Novembro
  Pequenos Investimentos na Exploração Agrícola
07 de Novembro
  Governo volta a porrogar período crítico de incêndios
07 de Novembro
  Proibição de produção e comercialização de plantas de citrinos no interior da zona demarcada
03 de Outubro
  Freguesia de Estorãos - Obrigatoriedade de poda e tratamento de citrinos infestados com a psila africana dos citrinos, Trioza erytreae (Del Guercio)
Todos os Avisos
Notícias do Município
Dia da Floresta Autóctone ? Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro D'Arcos promove Visita ao Parque Florestal
publicada em: 21.11.2017

No âmbito do Dia da Floresta Autóctone, os funcionários da Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos terão na próxima quinta-feira, 23 de novembro um dia dedicado em exclusivo ao Parque Florestal da Quinta de Pentieiros.

A ação tem como objetivo dar continuidade aos trabalhos de recuperação e valorização do Parque Florestal, devastado pelo incêndio de 2016, através da eliminação de invasoras lenhosas, do controlo da vegetação espontânea e da identificação, proteção e seleção de varas, de espécies autóctones e de outras folhosas, resultantes do rebentamento das toiças das árvores plantadas nos últimos anos e que foram queimadas pelo incêndio.  

De importância vital para o equilíbrio ambiental e ecológico, as ações de preservação da floresta são objetivos imediatos a cumprir. Neste contexto os funcionários da Área Protegida, como forma de dar o exemplo, promovem esta ação de manutenção na próxima quinta-feira, a partir das 9h30.

Esta iniciativa complementa-se com uma ação dirigida a toda a comunidade, a realizar no próximo sábado, dia 25 de novembro, a partir das 9h30 nos bosques autóctones da Área Protegida. Para participar aconselha-se a utilização de roupa confortável e a efetuar a inscrição através do seguinte endereço eletrónico: lagoas@cm-pontedelima.pt,  ou pelo telefone 258 240201.

Município de Ponte de Lima apoia iniciativa sobre Metodologias Inovadoras no Uso do Fogo | TrEX ? Training Exchanges
publicada em: 21.11.2017

O Alto Minho TrEx iniciou-se no passado dia 18 de novembro no Centro Cultural em Paredes de Coura, com a realização de um workshop que contou com a participação de cerca de 60 bombeiros, técnicos, forças especiais, grupos de intervenção e científicos que discutirem e efetuaram intercâmbios sobre a cultura local do fogo, a ecologia do fogo e os desafios da sua gestão à escala da paisagem.

Agregados em grupos de brigadas e equipas discutiram as suas expetativas, procedimentos de segurança, meteorologia e comportamento do fogo. A partir desta segunda-feira, dia 20 e até 24 de novembro, serão realizadas ações piloto de treino e intercâmbio de técnicas de gestão de eventos de riscos e de uso do fogo controlado em ambientes e ecossistemas diversificados dos dez municípios do Alto Minho.

Esta iniciativa, promovida pela CIM Alto Minho em parceria com a "Nature Conservancy”, organização internacional, sem fins lucrativos, líder na conservação da biodiversidade e do meio ambiente, é inédita na Europa e constitui uma oportunidade de capacitação dos agentes territoriais em colaboração com uma rede de trabalho reconhecida ao nível mundial, podendo ser seguida na página da "Nature Conservancy”  e ainda através da rede facebook "TREX Prescribed Fire Training Exchange".

Consulte o programa através do seguinte link: http://altominhofirecamp.wixsite.com/2017/programa-trex.  

Prevenção de Incêndios Florestais ? Medidas Preventivas | PROLONGAMENTO DO PERÍODO CRÍTICO ATÉ 23 DE NOVEMBRO
publicada em: 20.11.2017

O Serviço Municipal de Proteção Civil do Município de Ponte de Lima relembra a todos os cidadãos que independentemente das condições meteorológicas, em todos os espaços rurais é expressamente proibido realizar fogueiras para a confeção de alimentos, queimar matos, silvas ou qualquer tipo de sobrantes agrícolas ou florestais, e lançar foguetes e balões com mecha acesa. Também durante este período, o acesso, a permanência e a circulação no interior de determinadas áreas florestais é condicionado e nos trabalhos e outras atividades que decorram nos espaços rurais, é obrigatório que as máquinas de combustão interna e externa a utilizar, onde se incluem todo o tipo de tratores, máquinas e veículos de transporte pesados, sejam dotadas de dispositivos de retenção de faíscas ou faúlhas e de dispositivos tapa - chamas nos tubos de escape ou chaminés, e estejam equipados com um ou dois extintores de 6 kg, de acordo com a sua massa máxima, consoante esta seja inferior ou superior a 10 000 kg.

Solicita-se a quem avistar um incêndio que ligue de imediato 117 (chamada gratuita)!

A REALIZAÇÃO DESTAS ACTIVIDADES É PÚNIVEL COM COIMAS DE 140€ A 5000€.

Notícias via e-mail:

Coloque o seu email:

Copyright © 2016. Município de Ponte de Lima. Todos os direitos reservados. : Política de Privacidade e Segurança . Ficha Técnica :