Página Inicial
siga-nos:  

Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Agenda de Eventos
Categorias
01 de Abril a 30 de Abril
  Exposição do Centro de Interpretação Ambiental (CIA)
03 de Junho a 04 de Junho
  XI Acampamento Natureza e Mundo Rural
26 de Junho a 01 de Setembro
  Oficinas de verão 2017
Todos os Eventos
Agenda Cultural

Página dos Espaços Ciência Divertida:


Zona Húmida de Importância Internacional


Prémio Novo Norte:


Aceda ao:



Rela
18 de Janeiro de 2011
Rela
Rela

As relas são pequenos anfíbios verde-alface que, apesar de serem comuns em diversas zonas húmidas do nosso País, acabam por passar despercebidas à maioria.

Nome Científico: 
Hyla arborea

Identificação e Características:
A Rela é um pequeno anuro (anfíbio sem cauda), geralmente com menos de 5 cm de comprimento. Possui olhos proeminentes e laterais; a íris é dourada com reticulado escuro. Tem membros compridos com 5 dedos nas patas posteriores e 4 nas anteriores. Os dedos terminam em discos adesivos (característica que lhes permite trepar, mesmo em superfícies escorregadias). A pele das relas é lisa e brilhante superiormente e mais granulosa ventralmente.

A coloração é em geral verde-vivo, mas podem aparecer indivíduos azulados, acinzentados ou acastanhados. Apresentam tipicamente uma linha escura lateral (bordada dorsalmente por uma linha branca ou amarelada) que começa no focinho, passa pelo olho e se estende até à região inguinal. Ventralmente são brancas ou acinzentadas. Os machos apresentam um saco vocal externo muito grande que, quando insuflado, chega a ser maior que o tamanho da cabeça. Quando o saco vocal não está insuflado, podem observar-se pregas cutâneas na garganta.

Os girinos desta espécie nunca ultrapassam os 5 cm de comprimento. Ao eclodirem medem entre 0,5 e 1 cm. Superiormente são esverdeados com manchas e reflexos prateados. A região muscular da cauda apresenta dorsalmente uma banda comprida mais escura.. As membranas caudais são translúcidas com pequenas manchas escuras.

Distribuição e Ocorrência:
Ocupa grande parte do centro da Europa. Na Península Ibérica está ausente na costa mediterrânica e Andaluzia. Em Portugal só não existe no Algarve e no interior do Alentejo.

Pode ser muito abundante em certos locais, no entanto as suas populações têm sofrido uma regressão notável.

Estatuto de Conservação:
Esta espécie faz parte do anexo II da Convenção de Berna e do anexo B-IV da Directiva Aves/Habitats (DL 140/99 de 24 de Abril). Em Portugal é considerada não ameaçada (NT).

Factores de Ameaça:
Os principais factores de ameaça para esta espécie são o desaparecimento progressivo das zonas húmidas, onde se concentram em número elevado para se reproduzir, a destruição ou alteração da vegetação das ribeiras e a utilização de insecticidas.

Habitat:
As relas preferem habitats ricos em vegetação e relativamente húmidos, encontrando-se em zonas encharcadas, pântanos, lagoas, caniçais, arrozais, prados e outros meios similares. Vivem tanto ao nível do mar como em zonas de montanha.

Alimentação:
A sua dieta inclui diversos tipos de invertebrados tais como insectos, aracnídeos e miriápodes. Os girinos são herbívoros e detritívoros.

Inimigos naturais:
Os adultos são predados por cobras de água e por várias aves como as garças e as corujas. As larvas são predadas sobretudo por insectos aquáticos carnívoros e por aves aquáticas.

Reprodução:
Em Portugal a época de reprodução ocorre, em geral, entre Abril e Junho. Os machos são os primeiros a chegar aos locais de reprodução. Atraem a fêmea através de um chamamento e abraçam-nas pelas costas (amplexo axilar). O amplexo pode durar até 30 horas. A fêmea deposita cerca de 1000 ovos em cacho. Como locais de postura, as relas escolhem zonas com água parada ou com pouca corrente e com alguma vegetação aquática.

Movimentos:
Têm hábitos trepadores, encontrando-se frequentemente em ramos, folhas de árvores ou arbustos. Realizam migrações para os charcos, na época da reprodução. Podem dispersar-se muito.

Actividade:
Embora sejam predominantemente crepusculares e nocturnas, também podem observar-se indivíduos activos durante o dia, sobretudo após uma forte chuvada, uma tempestade ou com tempo nublado. No inverno hibernam por um período de tempo variável.

Na Paisagem Protegida:

É uma espécie muito comum na Paisagem Protegida, apesar de ser mais fáceis de ouvir do que observar. O seu canto assemelha-se a um "Crrruuáááá" prolongado.

Fonte: Naturlink.

Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo


Avisos
Categorias
19 de Abril
  Freguesia de Estorãos - Obrigatoriedade de poda e tratamento de citrinos infestados com a psila africana dos citrinos, Trioza erytreae (Del Guercio)
22 de Março
  Candidaturas ao Pedido Único (PU)
28 de Novembro
  Inspeção Obrigatória dos Pulverizadores para Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos
24 de Novembro
  Limpeza de cursos de água
Todos os Avisos
Notícias do Município
Requalificação das Instalações do Destacamento de Freixo dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima ? Inaugurado pelo Secretário de Estado da Administração Interna
publicada em: 28.04.2017

"Neste dia em que comemoramos a liberdade inauguramos a requalificação do quartel do destacamento de Freixo dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima", disse o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, na cerimónia de inauguração da Requalificação das Instalações do Destacamento de Freixo dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima, que decorreu no dia 25 de abril.

O autarca considerou que "esta inauguração é o resultado do trabalho, empenho e dedicação de várias parcerias, entre a Administração Central, Junta de Freguesia de Ardegão, Freixo e Mato e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima, na concretização desta obra, transformando o edifício num espaço mais funcional e organizado."

Para Sotero Dantas, Presidente da Junta de Freguesia de Ardegão, Freixo e Mato, "este é equipamento importante para a zona sul do concelho". Face à localização na parte sul do concelho, o destacamento de Freixo dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima promove uma maior cobertura do território e uma resposta mais próxima, rápida e agilizada sempre que ocorram intervenções de emergência, nomeadamente de incêndios florestais; valorização e dignificação dos Bombeiros, através de melhores condições de trabalho; modernização e melhoria de qualidade dos serviços de proteção e socorro que a associação humanitária presta à população.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima relembrou que "Neste dia da liberdade, 43 anos do 25 de abril, saúdo todos os autarcas que nestes 40 anos tem sido uma referência. Para nós é tão importante investir na sede do concelho, como nas restantes 38 freguesias do concelho."

Também o Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, ressalvou que o "Poder local é o pilar da democracia, é a consolidação do 25 de abril."

O Município de Ponte de Lima e a junta de freguesia de Ardegão, Freixo e Mato, ao abrigo do leque de empreendimentos transversais ao plano da requalificação e da beneficiação de infraestruturas, apoiaram a obra da responsabilidade dos Bombeiros Voluntários de Ponte de Lima, cujo investimento foi de 391.400 euros comparticipados a 95% pelo POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos - Portugal 2020 e pelo Fundo de Coesão da União Europeia. 

Sessão de entrega de prémios do Concurso Concelhio de Leitura na Biblioteca Municipal
publicada em: 28.04.2017

A sessão de entrega de prémios decorreu na Biblioteca Municipal, no dia 27 de abril e contou com as presenças do Vereador da Educação, Dr. Paulo Barreiro de Sousa, do Diretor do Agrupamento de Freixo, Prof. Luís Henrique Fernandes, e dos Professores Bibliotecários do Agrupamento de Freixo, de Arcozelo e de Ponte de Lima, designadamente Ana Barbosa, Ana Júlia Marques e Benjamim Sousa, que procederam à entrega de prémios e certificados, felicitando os vencedores, participantes, professores e demais comunidade educativa pela participação na iniciativa e empenho demonstrado ao longo do concurso.

O vencedor do 1.º ciclo foi Letícia Martins, aluna da EB1 de Poiares. No 2.º lugar ficou Rafael Pedro aluno do Centro Educativo de Refoios. E o 3.º lugar foi conquistado por seis alunos que obtiveram o mesmo resultado, verificando-se um empate entre os seguintes concorrentes: Afonso Sousa, do Centro Educativo de Refoios; Ana Rita Costa, da EBI de Freixo; Diana Alves, do Centro Educativo de Arcozelo; Clarisse Ribeiro, da EB de Ponte de Lima; Luana Pinheiro, da EB de Ponte de Lima e Maria Cunha, do Centro Educativo das Lagoas.

Relativamente ao 2.º ciclo posicionou-se em 1.º lugar: Ana Silva, da EB 2/3 de Freixo.

O 2.º lugar foi laureado pelo aluno Pedro Santos, pertencente à EB 2/3 de Arcozelo e o 3.º lugar foi granjeado por Cristina Alves, aluna da EB 2/3 António Feijó.

A todos os nossos parabéns!

Crianças e idosos do concelho em destaque nas celebrações do Dia Mundial do Livro
publicada em: 28.04.2017

Ao longo do dia, a BMPL recebeu crianças das escolas do concelho e promoveu a iniciativa "Livros sobre rodas" – assim se chama o projeto da Biblioteca Itinerante – proporcionando a todos os que acorreram à praça central de Ponte de Lima a consulta e/ou empréstimo de jornais e de obras literárias, nacionais e estrangeiras, e disponibilizando aos mais novos desenhos para colorir e o contacto com as mais recentes ofertas do universo editorial infanto-juvenil.

Este ano, no Largo de Camões, a população sénior do concelho foi o público privilegiado das celebrações do Dia Mundial do Livro. À sombra de uma oliveira, utentes do Centro Paroquial e Social de Santa Maria dos Anjos recordaram músicas tradicionais portuguesas – caso de "A minha saia velhinha" -, que entoadas ao som da viola, encheram este espaço de contagiante alegria. Entre canções, evocaram-se brincadeiras da infância – num jogo de partilha coletiva de memórias – e assistiu-se à leitura de "Os três conselhos", estória retirada da obra oitocentista "Contos tradicionais do povo português", de Teófilo Braga. Uma narrativa rica em ensinamentos que suscitou o debate em torno das lições a reter.

A atividade recreativa e o projeto de itinerância "Livros sobre rodas" permitiram dar a conhecer algum do trabalho desenvolvido pela BMPL e divulgar parte das novidades literárias disponíveis para consulta e/ou empréstimo domiciliário.

Notícias via e-mail:

Coloque o seu email:

Copyright © 2016. Município de Ponte de Lima. Todos os direitos reservados. : Política de Privacidade e Segurança . Ficha Técnica :