Página Inicial
siga-nos:  

Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Categorias Categorias
Ambiente
Educação
Serviços
Turismo
Alojamento
Percursos e Rotas
Atividades
Agenda de Eventos
Categorias
26 de Junho a 01 de Setembro
  Oficinas de verão 2017
Todos os Eventos
Agenda Cultural

Página dos Espaços Ciência Divertida:


Zona Húmida de Importância Internacional


Prémio Novo Norte:


Aceda ao:



Área Protegida - 'Uma Escola de Ambiente, Natureza e Mundo Rural'
Ambiente| 13 de Dezembro de 2010
Área Protegida - 'Uma Escola de Ambiente, Natureza e Mundo Rural'
Área Protegida - 'Uma Escola de Ambiente, Natureza e Mundo Rural'
O património natural e (i) material apresenta uma relação direta com as condições naturais e a evolução histórica das atividades humanas. As interações presentes nestas dimensões contribuem para a formação das identidades que, quando exploradas no quadro das opções coletivas para o território, podem revelar-se como elementos promotores centrais e cruciais do desenvolvimento sustentável. A aposta na capacitação dos atores, em paralelo à inovação nos princípios e nas práticas de desenvolvimento, pode equilibrar os interesses das sociedades e das comunidades, requer a interação entre espaços, as atividades, os atores, a conservação e a exploração, bem como as necessidades e as opções de nível estratégico, com as imposições atuais.

A criação e a gestão de espaços protegidos constituem na nossa realidade, por norma, processos que se enquadram geograficamente em espaços rurais, remetendo-os para uma (inter)dependência com o desenvolvimento local e rural. Neste sentido, qualquer processo de avaliação da implementação de espaços protegidos e proteção da natureza deve ser equacionado na sua relação com as potencialidades para o desenvolvimento socioeconómico das comunidades e contributos para o desenvolvimento sustentável a escalas hierarquicamente superiores.

A Área de Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos, comemora este ano 10 anos da sua criação. Consequentemente, como um exercício interno de avaliação do percurso realizado mas também de divulgação do espaço e do projeto, pretendeu-se caracterizar a área incluída e envolvente à AP, assim como efetuar, uma descrição dos processos, atividades e recursos reunidos no período indicado.

A publicação resulta de:
  uma recolha de informação necessária à avaliação com base em bibliografia resultante dos vários projetos e estudos desenvolvidos em paralelo à criação da PPLBSPA;
  consultas e opiniões de vários autores intervenientes, internos e externos às equipas constituídas de apoio ao desenvolvimento do projeto. Ao longo do texto pretendeu-se uma integração destes elementos, de acordo com uma sequência temporal onde se incluem descrições ou exercícios de síntese com base para propostas e fundamentação das propostas de continuidade deste projeto.

Os textos organizam-se em duas partes distintas:
  um primeiro capítulo sobre a revisão do processo de criação, do enquadramento geográfico e territorial, até à descrição dos recursos, condições, valores e serviços presentes sem descurar a realidade e as dinâmicas dos espaços e da comunidade local;
  um segundo sobre a descrição e análise do percurso de desenvolvimento, dos projetos financiadores, das infraestruturas e equipamentos presentes e perspetivados; da dimensão e capacitação dos recursos humanos, das atividades de investigação e conservação, desenvolvimento rural, sensibilização e educação ambiental.

Esta obra de síntese define um ponto de partida e de percurso, inclui uma abordagem transversal à natureza do local e do processo de constituição e desenvolvimento da AP, assume uma dimensão de divulgação dirigida a públicos diferenciados, desde aqueles que detêm formação e interesses diversos, a técnicos e aos utilizadores desta tipologia de espaços. Visou-se o equilíbrio entre a linguagem e um texto de natureza descritiva com uma forte aposta de imagens que evidenciem a natureza, a identidade, a diversidade e a beleza dos elementos naturais e humanos presentes na AP.

Locais de Venda: Centro de Interpretação Ambiental | Quinta de Pentieiros | Feira do Livro Limiano (no Largo de Camões até dia 19) | Arquivo Municipal | Biblioteca Municipal
           P.V.P. : 7€

Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo

 

Mais notícias da categoria: Ambiente
Visita ao Parque Florestal da Quinta de Pentieiros | 02.06.2017
Votos de Natal 2016 | 21.12.2016
23 de novembro | Dia da Floresta Autóctone | 24.11.2016
VI Feira do Ambiente e Energia em Ponte de Lima | 11 a 13 de novembro | 15.11.2016
Recolha de Tampinhas e Embalagens | 01.03.2016
 
Avisos
Categorias
16 de Maio
  Recomendações de adoção de práticas de utilização racional de água para rega
19 de Abril
  Freguesia de Estorãos - Obrigatoriedade de poda e tratamento de citrinos infestados com a psila africana dos citrinos, Trioza erytreae (Del Guercio)
22 de Março
  Candidaturas ao Pedido Único (PU)
28 de Novembro
  Inspeção Obrigatória dos Pulverizadores para Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos
24 de Novembro
  Limpeza de cursos de água
Todos os Avisos
Notícias do Município
Recriação Histórica em Ponte de Lima: 28 a 30 de julho | 1901 ? Visita do Príncipe D. Luís Filipe a Ponte de Lima e Inauguração da Avenida com o seu Nome
publicada em: 25.07.2017

Nos princípios do Século XX, mais precisamente a 8 de outubro de 1901, o Príncipe Real D. Luís Filipe de Bragança, em visita de recreio pelo Norte do país, acompanhado pelo seu aio, Mouzinho de Albuquerque, foi recebido em festa na antiquíssima vila de Ponte de Lima, tendo almoçado nos paços do concelho e seguido, na parte da tarde, para a avenida que estava a nascer, paralela ao Rio Lima, lá para os lados dos Terceiros e da Capela de Nossa Senhora da Guia, a fim de que ela fosse batizada com o seu nome, antes de seguir o seu itinerário que o conduziria a Viana do Castelo.

É este o evento que está na origem da Recriação Histórica que vai agitar as ruas do Centro Histórico de Ponte de Lima, com destaque para a Avenida dos Plátanos, nos próximos dias 28 a 30 de julho.

A Receção ao Príncipe e a Inauguração da Avenida estão reservadas para o dia 30 de julho (domingo), a partir das 17h00, mas sexta e sábado serão igualmente dias muito animados, com diversas representações teatrais e momentos de época, que se esforçarão por transportar os visitantes e curiosos para um tempo já um pouco distante mas ainda com muitos ecos nos dias de hoje, sobretudo entre a comunidade de Ponte de Lima.

Escola Secundária de Ponte de Lima vai representar Portugal em Abu Dhabi no Campeonato do Mundo de Land Rover 4x4 In Schools | Equipa Limiana K-EVO sagrou-se Campeã Nacional
publicada em: 25.07.2017

A ESPL volta assim este ano ao evento de escala mundial, por que passou já em 2015, e em 2016, ano em que alcançou o terceiro lugar na Final Mundial.

O Desafio Tecnológico Land Rover 4x4 in Schools é promovido pela Land Rover/Jaguar, e apoiado pela Denford, IROB, Universidade Harper Adams, Autodesk e pelos Centros Tecnológicos de Portugal. Abarcando vários países, o evento desafia as equipas participantes a construir um carro de tração às quatro rodas com controlo remoto, de acordo com as especificações fornecidas.

O carro deve deslocar-se e ultrapassar obstáculos numa pista de testes tão exigente quanto a verdadeira, simulando as capacidades de um veículo 4x4 de dimensões completas. Cada equipa apresenta o seu veículo na final nacional para competir por um lugar na final mundial. A Final Nacional 4x4 in Schools realizou-se no dia 07 de julho, no Museu do Automóvel em Vila Nova de Famalicão, tendo contado com a organização da Land Rover Portugal e o apoio de vários Centros de Tecnológicos Nacionais, entre eles o CITEVE pela pessoa do Eng. César Silva, que acompanha a Escola Secundária de Ponte de Lima ao longo deste processo.

Ponte de Lima esteve representada neste evento nacional por duas tipologias de equipa- Beginners e Professionals- respetivamente XTREME K a equipa de alunos do 10º ano (Beginners), e K-EVO, a equipa que se sagrou Campeã Nacional 4x4 in Schools 2017, composta por Diogo Cerqueira, Luís Ligeiro, Hugo Oliveira e Pedro Gomes, do 11º ano do Curso Profissional Técnico de Manutenção Industrial, variante Eletromecânica da Escola Secundária de Ponte de Lima.

O desafio exige às equipas da classe principiante o fabrico obrigatório do corpo do carro (carroçaria), dos componentes electrónicos de sensorização (sensor de inclinação e de luz) e um conhecimento e compreensão profundos sobre a suspensão do veículo, sistema propulsor, chassis e rodas. Às equipas da classe Profissional é exigido que, em termos de engenharia, vão além do nível de principiante, ao adicionarem ou criarem componentes da viatura (exemplo: chassis, suspensão, sistema de tração, etc).

KAMELEON é o carro da equipa K-EVO que apresentou inovações e alterações ao nível da engenharia, do design, da carroçaria e de eletrónica, que garantiu à equipa o 1º lugar na Final Nacional do desafio, e consequentemente o título de Campões Nacionais. A equipa destacou-se ainda ao alcançar o 1.° lugar no prémio Desenvolvimento de Projetos, o 1.° lugar no melhor Portefólio, e o 1.° lugar em Engenharia.

Já os alunos do 10.° ano, da equipa de Beginners, XTREME K, alcançaram o 1.° lugar no prémio Melhor Stand.

As equipas foram acompanhadas por Carlos Urbanos (Diretor do Curso), João Carlos Baptista, Marta Fiúza, Rui Quintela e Sónia Martins, os professores envolvidos no desafio. Os alunos da equipa K-EVO têm agora a responsabilidade de representar Portugal em Abu Dhabi, no Campeonato do Mundo em dezembro.

O Município de Ponte de Lima congratula-se com este prémio atribuído à Escola Secundária de Ponte de Lima, distinção esta que vem reafirmar ainda mais a qualidade do ensino e dos projetos pedagógicos que são desenvolvidos nas escolas do concelho de Ponte de Lima, e que resultaram, nos últimos anos letivos, na obtenção de vários prémios nacionais e a participação em vários projetos internacionais de referência mundial.

Ponte de Lima - Investimento Municipal de 1,2 milhões na requalificação da Rede Viária Municipal e Vicinal da Ribeira
publicada em: 24.07.2017

A rede viária municipal da freguesia da Ribeira foi requalificada numa área de cerca de 7 Km, abrangendo os lugares de Paradela, Carrascal e Garrida.

Esta intervenção enquadra-se na estratégia municipal de requalificação e beneficiação da rede viária municipal, melhorando as acessibilidades e proporcionando aos seus habitantes a utilização de espaços públicos mais funcionais e com maior segurança.

As obras estão concluídas e fazem parte de um conjunto de intervenções que o Município de Ponte de Lima efetuou naquela freguesia, resultando num investimento municipal no valor total de 1,2 milhões de euros.

Este investimento, adiantou o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, estava prometido desde o início do mandato, e desta forma pretendemos “mostrar ao executivo da junta de freguesia que continuamos disponíveis apoiar o desenvolvimento da freguesia da Ribeira”.

Visivelmente satisfeito, o Presidente da Junta de Freguesia da Ribeira, Nuno Pimenta, confirmou que a “concretização destas obras foi o cumprir de um compromisso assumido para este mandato”, que para além da rede viária municipal incluiu ainda a rede vicinal da freguesia.

Notícias via e-mail:

Coloque o seu email:

Copyright © 2016. Município de Ponte de Lima. Todos os direitos reservados. : Política de Privacidade e Segurança . Ficha Técnica :