Passar para o Conteúdo Principal Top

Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d'Arcos Ponte de Lima

Paisagem Protegida das Lagoas_v2

Lírio-amarelo

Iris pseudacorus 1 970 2500

O Lírio-amarelo (Iris pseudacorus) é uma planta herbácea, conhecida por ser uma das raras espécies de íris com flores amarelas.

Atinge em média 1,2 m de altura e apresenta folhas glabras, longas e planas - como espadas - de coloração verde-acinzentada. As folhas partem do rizoma, de medula rosada, e deixam marcas semelhantes a escamas.

As inflorescências surgem no verão, com cerca de três a quatro flores, sustentadas em longas hastes cilíndricas. As flores são típicas do género Iris, com três sépalas caídas e três pétalas eretas. Cada pétala e sépala são de uma coloração amarelo-ouro, com veias acastanhadas ou violáceas. Ocorrem ainda variedades de flores cor creme-pálido, de folhas variegadas de amarelo, e de porte gigante, ultrapassando os 2 m de altura.

O Lírio-amarelo ocorre em locais permanentemente húmidos, como ambientes palustres junto a lagoas e rios. Para além da vertente estética, oferece abrigo à vida aquática e controla a erosão e o assoreamento.

É uma planta muito rústica, tendo a capacidade de tolerar solos ácidos, salinos e anóxicos, submersão completa e até mesmo períodos curtos de seca. Em invernos rigorosos pode perder as folhas que voltam a brotar com força na primavera. Prefere o clima temperado ao tropical.

 

Na Paisagem Protegida

O Lírio-amarelo pode ser observado na Área Protegida em valas de água e nas Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos.

 

Fonte: Adaptado de www.jardineiro.net