Passar para o Conteúdo Principal Top

Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d'Arcos Ponte de Lima

Paisagem Protegida das Lagoas_v2

Amieiro

Alnus glutinosa 1 600 600

O Amieiro (Alnus glutinosa) é uma árvore que pertence à família das Betulaceae (como a bétula e a aveleira): tem flores masculinas e femininas que coexistem na mesma árvore.

As raízes apresentam nódulos de bactérias fixadoras de azoto atmosférico, que fornecem à árvore este nutriente em forma de nitratos; a planta, por sua vez, satisfaz as necessidades em matéria orgânica das bactérias.

Quando jovem, a árvore ergue-se direita, com casca cinzenta e lisa; ao envelhecer, estende os ramos, e a copa forma uma abóbada que se mantém verde até à queda das folhas.

 

Habitat

Zonas temperadas da Europa, bosques húmidos, margens de cursos de água.

 

Características
  • Altura: 20 a 25 m com pernadas tortuosas e ramificações delgadas.
  • Folhas: escuras na página superior e claras na inferior; dentadas; arredondadas; chanfradas no vértice; pecioladas.
  • Flores: esverdeadas ou avermelhadas, em amentilhos pedunculados, monoicos, os masculinos pendentes, caducos, com brácteas macias, apresentando 3 flores com 4 estames, os femininos ovoides, eretos, apresentando 2 flores com estiletes cada uma.
  • Frutos: pequenos, arredondados, achatados, monospérmicos, castanhos-avermelhados.
Na Paisagem Protegida

O Amieiro é uma árvore frequente nesta Área Protegida, podendo ser observado em manchas de floresta autóctone, na área envolvente às Lagoas e nas margens do rio Estorãos. 

 

Fonte: Adaptado de Ministério da Educação