Página Inicial
siga-nos:  

Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
categorias Categorias
Anfíbios
Aves
Mamíferos
Plantas
Répteis
Agenda de Eventos
Categorias
01 de Março a 31 de Março
  Exposição do Centro de Interpretação Ambiental (CIA)
04 de Novembro a 02 de Abril
  Ponte de Lima em Alta 2016-2017 | 15% desconto em Alojamento
05 de Abril a 13 de Abril
  Oficinas de Páscoa 2017
Todos os Eventos
Agenda Cultural

Página dos Espaços Ciência Divertida:


Zona Húmida de Importância Internacional


Prémio Novo Norte:


Aceda ao:



Coruja das Torres
06 de Janeiro de 2014
Coruja das Torres
Coruja das Torres
Esta ave de rapina possui a face achatada com um anel escuro em redor do disco facial, desenhando um coração. No conjunto, a sua plumagem é muito clara. A coruja-das-torres tem apenas 35 cm de comprimento. Alimenta-se de pequenos mamíferos, essencialmente de rato, e de aves.

As posturas ocorrem entre os meses de março e maio, variando o número de crias entre 4 e 7. Sessenta dias após o nascimento ocorre o primeiro voo.

A vocalização caracteriza-se por gritos agudos, notas assobiadas e chirreias.

O seu habitat são charnecas, bosques, campos e sebes. Os terrenos de erva húmidos/ pantanosos oferecem à coruja-das-torres o habitat ideal. Podem nidificar em celeiros ou torres de igrejas.

 

Classificação Científica:

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Strigiformes
Família: Tytonidae
Género: Tyto
Espécie: Tyto alba

 

Conservação:
Esta espécie, de hábitos noturnos e discretos, apesar de ser bem distribuída não pode ser considerada comum em parte alguma. A coruja-das-torres é uma espécie localizada e sedentária. Atualmente encontra-se em significativa redução.

 

Curiosidades:
Em locais onde as árvores estão ausentes, ou não são as ideais para ninhos, a colocação de uma caixa-ninho, especialmente concebida, pode servir de abrigo a esta espécie. A caixa-ninho deve ser colocada em local bastante alto, como em árvores grandes e próximas de terrenos de erva, na extremidade de um caibro do teto, no interior de um celeiro. A coruja-das-torres começa a procurar um buraco de uma árvore ou uma caixa-ninho no início da primavera.

 

Adaptado de Amigos do Mindelo


Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar Partilhar
topo


Avisos
Categorias
22 de Março
  Candidaturas ao Pedido Único (PU)
13 de Dezembro
  Freguesia de Estorãos - Obrigatoriedade de poda e tratamento de citrinos infestados com a psila africana dos citrinos, Trioza erytreae (Del Guercio)
28 de Novembro
  Inspeção Obrigatória dos Pulverizadores para Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos
24 de Novembro
  Limpeza de cursos de água
Todos os Avisos
Notícias do Município
III Feira dos Jardins e Espaços Verdes em Ponte de Lima | 25 e 26 de março
publicada em: 21.03.2017
A vila mais antiga de Portugal é sem dúvida uma grande referência, tanto a nível nacional como internacional, no que respeita aos seus espaços verdes incomparáveis.
Seminário 'A Internacionalização das empresas agroalimentares e da InovCluster' em Ponte de Lima - 21 de dezembro
publicada em: 21.12.2016
O Município de Ponte de Lima apoia a realização do Seminário "A Internacionalização das empresas agroalimentares e da InovCluster", a realizar em Ponte de Lima, a 21 de dezembro.
Câmara Municipal de Ponte de Lima aprova a Empreitada de 'Beneficiação da Escola Básica Integrada da Correlhã'
publicada em: 15.12.2016
A Câmara Municipal de Ponte de Lima aprovou a Empreitada de "Beneficiação da Escola Básica Integrada da Correlhã" tendo realizado a 13 de dezembro a assinatura do Auto de Consignação da obra, pelo valor de 208.218,18€+Iva.
Notícias via e-mail:

Coloque o seu email:

Copyright © 2016. Município de Ponte de Lima. Todos os direitos reservados. : Política de Privacidade e Segurança . Ficha Técnica :